Erro
Confirmação
Alerta
Informação
JAVASCRIPT INATIVO O Javascript do seu browser está inativo, o que poderá restringir o correto funcionamento da página. Para visualizar esta página corretamente deve proceder à sua ativação. Para mais informações siga este link.
Designação
Igreja de Nossa Senhora do Rosário - Rosário
Localidade
Rosário
Concelho
Moita
Vigararia
Barreiro e Moita
Propriedade
Paróquia da Moita
Tipologia
Igreja
Estilo arquitectónico
Sem informação
Data de edificação
Sem informação
Categoria de protecção
Imóvel de Interesse Público

Exemplo da iniciativa de um mecenas local é a capela do Rosário, dedicada a S. João Evangelista e mandada construir em 1532 por Cosmo Bernardes de Macedo, proprietário da Quinta de Martim Afonso, fidalgo da Casa Real, tal como é referido na inscrição epigráfica, colocada sobre a porta que dá acesso à sacristia. Uma outra inscrição diz-nos ainda que: «Esta capela e sepultura he de Cosmo Bernaldes de macedo e de sua molher Isabel».

 

Em 1966, o imóvel sofreu obras de recuperação, promovidas por uma empresa local, as quais alteraram profundamente a espacialidade interior do monumento, sendo mesmo demolidos o coro e o púlpito.

 

A capela é de planta simples, orientada para Nascente, apresenta na fachada principal elementos da primitiva fábrica, como o óculo e um interessante portal gótico de arco trilobado, enriquecido com elementos ornamentais característicos da arte manuelina, sendo de destacar os colunelos de fustes lisos, com os capitéis decorados com flores, os entrançados e as cabaças nas bases.

 

No interior, o corpo da capela é separado do santuário por um belo arco triunfal de volta perfeita, talhado em meia cana côncava, onde estão esculpidas quatro flores em relevo de folhagens sobrepostas. Do conjunto fazem parte dois colunelos, um de cada lado do arco, com capitéis também decorados com a gramática decorativa manuelina. Existem ainda outros elementos que reflectem os ideais desta época, como são as pias de água benta e baptismal.

 

Nas paredes laterais do altar-mor, são de realçar os dois painéis de azulejos azuis e brancos do século XVIII, nos quais figuram cenas da Senhora com o Menino ao colo. Os referidos painéis são rodeados por uma cercadura laboriosamente trabalhada com um remate de dois anjos.

 

Por parecer do Instituto do Património Arquitectónico, foi determinada a classificação da Capela de Nossa Senhora do Rosário como imóvel de interesse público.

Horários de visita
Sem informação
Horários de eucaristias
Sem informação
Morada
Largo das Forças Armadas
Postal
2860 Gaio-Rosário
Pesquisar Topo Voltar Partilhar